BRAND. For lab. For life.


Gestão de qualidade
Exatidão

O quê "Limite de Erro, Exatidão, Coeficiente de Variação e Precisão" significam em medições volumétricas?

Representação gráfica de precisão e exatidão
O alvo abaixo representa a faixa de volume ao redor do valor nominal que está no centro. Os pontos pretos são os valores obtidos de diferentes medidas de um volume definido.

Baixa exatidão:
Os resultados estão longe do centro.

Baixa reprodutibilidade:
Os resultados estão muito dispersos.

Resultado:
Estes instrumentos volumétricos são de baixa qualidade.

Boa exatidão:
Os resultados estão distribuídos regularmente ao redor do centro.

Baixa reprodutibilidade:
Não há grandes erros, mas os resultados estão muito dispersos.

Resultado:
Todas os desvios têm a "mesma" probabilidade. Os instrumentos volumétricos cujos valores ultrapassam os limites de erro devem ser retirados.

Baixa exatidão:
Apesar de todos os resultados estarem muito próximos entre si, a meta (valor nominal) não foi alcançada.

Boa reprodutibilidade:
Todos os resultados estão muito próximos entre si.

Resultado:
Produção mal controlada, com variação sistemática. Os instrumentos volumétricos cujos valores ultrapassam os limites de erro devem ser retirados.

Boa exatidão:
Todos os resultados estão muito próximos do centro, ou seja, do valor nominal.

Boa reprodutibilidade:
Todos os resultados estão muito próximos entre si.

Resultado:
A fabricação está perfeitamente orientada, através de um controle de qualidade ao longo do processo de fabricação. Mínimo desvio sistemático e estreita dispersão. O limite de erro permitido não é alcançado. Estes instrumentos devem ser mantidos.

Para descrever exatidão, o termo “Limite de Erro” é usado para materiais volumétricos de vidro, enquanto para equipamentos liquid handling os termos estatísticos “Exatidão [%]” e “Coeficiente de variação [%]” foram estabelecidos.

■ Limite de Erro

O termo "Limite de Erro" (EL), nos padrões correspondentes, define o desvio máximo permitido do volume especificado.

 

 

 

■ Limite de Erro de E e CV

Uma boa estimativa para o Limite de Erro (LE) do instrumento, ex. para o volume nominal (Vnominal), pode ser calculado usando valores para exatidão e coeficiente de variação.

■ Exatidão

A exatidão (E) indica até que ponto os valores medidos aproximam-se do valor nominal, ou seja, o desvio sistemático. Exatidão é a diferença entre valor médio (V) e valor nominal (Vnominal), em relação ao valor nominal em %.

■ Coeficiente de variação

O coeficiente de variação (CV) indica até que ponto os valores medidos em várias medições aproximam-se um do outro, chamado de desvio aleatório. O coeficiente de variação está definido como desvio padrão em %, em relação ao valor médio.

 

■ Precisão (reprodutibilidade)

Indica a proximidade dos resultados, em unidades de volume entre os diferentes valores individuais numa série de medições.

■ Volumes parciais

E e CV estão relacionados ao volume nominal (VN). Estes valores indicados em % devem ser convertidos em volumes parciais (VP).

Por outro lado, não é feita a conversão para os volumes parciais se E e CV são indicados em unidades de volume (p. ex., ml).