BRAND. For lab. For life.


Informações técnicas
Normas de segurança

Sobre a manipulação de substâncias perigosas

A manipulação de substâncias perigosas, como produtos químicos, materiais infectados, tóxicos ou radioativos e organismos modificados geneticamente, exige alta responsabilidade de todas as pessoas envolvidas em seu uso, a fim de proteger as pessoas e o meio ambiente. Observar atentamente as regras de segurança do laboratório, das associações profissionais, dos institutos encarregados da proteção do meio ambiente, da proteção contra radiações e da eliminação de resíduos. Igualmente devem-se observar os padrões técnicos amplamente reconhecidos, como as normas DIN ou ISO.

Algumas normas de segurança importantes

  • Antes de utilizar instrumentos de laboratório, o usuário deve comprovar que são adequados e que funcionam corretamente.
  • Antes de utilizar um instrumento, deve-se comprovar que não existem eventuais danos. Isso é especialmente importante em instrumentos empregados sob pressão ou sob vácuo (p. ex., dessecadores, kitazatos, etc.).
  • Os instrumentos de laboratório danificados representam um perigo a ser considerado, podendo causar, p. ex., cortes, queimaduras, risco de infecção. Caso não seja viável economicamente ou seja impossível reparar um material conforme as regras, ele deve ser descartado.
  • Sempre segurar as pipetas próximo à sua extremidade de sucção e inserir com cuidado a pipeta no controlador de pipetagem até firmar com segurança. Não usar força. Vidro quebrado pode causar lesão!
  • Os instrumentos de laboratório enviados para reparo devem ser limpos e esterilizados previamente. Instrumentos com contaminação radioativa devem ser descontaminados de acordo com as normas de proteção contra radiação! Os materiais volumétricos em vidro, como balões, provetas, etc., não devem ser reparados em caso de dano. Devido a ação do calor, podem ocorrer tensões no vidro (risco elevadíssimo de ruptura!), ou podem originar-se variações permanentes de volume.
     
    Também é perigoso cortar as provetas danificadas, pois isso encurta a distância entre a divisão superior e o bico, definida pela norma DIN, aumentando o risco de derramamento de líquido.
  • Os resíduos devem ser eliminados de acordo com as normas de eliminação de resíduos. Isto também é válido para materiais descartáveis usados. Essa eliminação não deve causar perigo para seres humanos nem para o meio ambiente.
  • Vidros técnicos devem ser eliminados de acordo com as normas estabelecidas. Favor observar que as vidrarias de laboratório não são recicláveis.